Filha do mar


Em 28 de janeiro de 2015 por linhaseversos

 

Vou me banhar
Sou filha do marHPIM0389
As águas vêm e vão
Em ritmo e rito
A me batizar.

Vou me banhar
Sou filha do mar
As águas vêm e vão
Na dança en(canto)
A me salvar.

Vou me banhar
Sou filha do mar
As águas vêm e vão
Espumantes
A me libertar.

Vou me banhar
Sou filha do mar
As águas vêm e vão
A lavar minha alma
A me limpar.

Vou me banhar
Sou filha do mar
As águas vêm e vão
A me inundar
Sem me afogar.

Vou me banhar
Sou filha do mar
As águas vêm e vão
Afago de mãe
Força de pai
A me zelar.

Vou me banhar
Sou filha do mar
Meus adversários
As ondas levam
Em outro cais
Hão de ancorar.

Vou me banhar
Sou filha do mar
Meus adversários
As ondas levam
E seus pés enterrados
Hão de ficar.

Vou me banhar
Sou filha do mar
Meus adversários
As ondas levam
Do breu do mar
Não vão me enxergar.

(Juliana Izabeli Bulhões – Rio, 14 de março de 2014)

Comentários (0) | |

Deixe seu comentário