Artigos marcados com a Tag ‘Juliana Izabeli’

Menino Jesus


Em 24 de dezembro de 2012 | por linhaseversos

É tempo de colocar-te no colo, Sentir tua alma cândida, Acalantar-te sob olhos e estrelas, Ouvir o sino de Jerusalém. Não é tempo de pedir a ti; Teu corpo miúdo requer zelo. Podes ficar em minha casa, Sob minha guarda. Minha casa é tua, Teu templo é meu. Sou parte do teu rebanho Quero vigiar […]

Tags: , , , , , , , , , , , ,
Arquivado em Entreversos, Linhas e Versos | Comentários (0)

No balanço de “Avenida Brasil”


Em 20 de outubro de 2012 | por linhaseversos

O “balanço” da trama de João Emanuel Carneiro segue aqui com a força da polissemia da palavra: balanço da música de abertura, que – vazia de conteúdo, mas em ritmo “irresistivelmente latino-africano” – embalou, agitou, sacudiu os lares e bares brasileiros em horário nobre; balanço de movimento oscilatório, diante das reviravoltas e de cada capítulo […]

Tags: , , , , , , , , , , ,
Arquivado em Diversos, Entrelinhas, Linhas e Versos, Reversos | Comentários (0)

Jujubas, delicados, suspiros coloridos, etc.


Em 13 de outubro de 2012 | por linhaseversos

Sábado pós dia das crianças. Como de praxe, acordo por volta das nove horas, saboreio meu café sem grandes variações – suco de laranja, mamão, pão na chapa – e, finalmente, dedico cerca de meia hora à leitura do jornal. Sou, então, surpreendida por um texto de Daniel Azulay: artista plástico que comandou, nos idos […]

Tags: , , , , , , , ,
Arquivado em Diversos, Entrelinhas, Linhas e Versos | Comentários (0)

(Ver)me


Em 22 de abril de 2012 | por linhaseversos

O silêncio consciente é perturbador por vezes. Desmembra-se em concurso de reminiscências e invasões de pensamentos indesejados. No sacudir dos lençóis, sobre os quais repousam os conflitos, levantam-se as incertezas em poeira que cega os olhos para o exposto material efêmero. Resta, em última instância, sufocá-los com travesseiros de penas. Penar em pensar como fazê-lo. […]

Tags: , , , , , ,
Arquivado em Diversos, Entrelinhas, Linhas e Versos | Comentários (0)

Apuã


Em 22 de abril de 2012 | por linhaseversos

  Apuã servia-se das árvores e a elas servia. Isso para ele era tão natural quanto beber a água, tomar banho nos rios e ver todos os dias a mesma água: límpida e insípida; receptiva e grandiosa em extensão, força e imponência. Apuã era ágil em suas caçadas amadoras, peripécias e traquinagens. Mas o menino-índio […]

Tags: , , , , , , ,
Arquivado em Diversos, Entrelinhas, Linhas e Versos, Reversos | Comentários (0)

Apascento (entre aspas e acentos)


Em 19 de abril de 2012 | por linhaseversos

Falo pouco Escrevo menos ainda. Entre bandeiras E escolhas, O tempo de agora. É uma lacuna Em dias púrpuros. Não há espaço Para melancolia Nem resignação. O futuro ruge Enquanto escorrem Pela garganta Gotas de limão. O silêncio Amargo Azedo Reserva O doce laranja lima. A voz se interrompe: Pausa… Prazo.

Tags: , , , , , , , , , ,
Arquivado em Diversos, Entreversos, Linhas e Versos, Reversos | Comentários (0)

Antiquário inconsumível


Em 19 de abril de 2012 | por linhaseversos

Casas viram fósseis Desbotadas repousam inexpressivas Faces de ceras Esquecidas Inertes Apenas paredes e chão Vértices incomunicáveis Não há janelas nem portas Só passagem para luzes e sombras Cada casca uma deslembrança Um casco um desenho um risco Um mapa do passado Telhados não vigiam Não abrigam São relapsos Sob o céu repousam Jazem sem […]

Tags: , , , , ,
Arquivado em Entreversos, Linhas e Versos | Comentários (3)

(Des)umanização


Em 16 de novembro de 2011 | por linhaseversos

“É duro tanto ter que caminhar e dar muito mais do que receber” Vida de gente Vida de gado Vida de cão sem raz(cão).       (Juliana Izabeli Bulhões – Rio de Janeiro, 16 de novembro de 2011)

Tags: , , , , , , , , , ,
Arquivado em Diversos, Entreversos, Linhas e Versos, Reversos | Comentários (1)

Quem vai (a)pagar a luz e acender as velas?


Em 27 de julho de 2011 | por linhaseversos

(Toma um café, que o mundo acabou faz tempo. Caio Fernando Abreu) As manchetes anunciam o iminente colapso da potência norte-americana, a morte de Amy Winehouse, o desespero dos chineses que chegam a vender um rim para adquirir produtos da Apple, uma ocorrência de assalto na zona oeste do Rio de Janeiro – planejado por […]

Tags: , , , , , , , , , , , ,
Arquivado em Entrelinhas, Linhas e Versos | Comentários (2)

Afetos e (e)feitos: uma escrita de amor


Em 12 de junho de 2011 | por linhaseversos

Não desisto de amar. É fato. “Amar vem do latim AMARE, ‘amar, gostar de’, possivelmente do Indo-Europeu AM-A-, que gerou palavras relacionadas ao crescimento de uma criança, como ‘mãe’, ‘mamar’, ‘mama’ etc.” Como dizia Clarice, “amar os outros é a única salvação individual que conheço: ninguém estará perdido se der amor e às vezes receber […]

Tags: , , , , , ,
Arquivado em Entrelinhas, Linhas e Versos, Reversos | Comentários (3)